15 de janeiro de 2016

Livro da Semana: O Rei Demônio (Cinda Williams Chima)

"Os tempos são difíceis na cidade de Fellsmarch, nas montanhas. O jovem Han Alister é capaz de quase qualquer coisa para garantir o sustento da mãe e da irmã, Mari. Ironicamente, a única coisa valiosa que ele possui não pode ser vendida: largos braceletes de prata, marcados com runas, adornam seus pulsos desde que nasceu. São claramente enfeitiçados -  cresceram conforme ele crescia, e o rapaz nunca conseguiu tirá-los. Certo dia, depois de muita discussão, Han toma um amuleto de Micah Bayar, filho do Grão Mago, para evitar que o rapaz o usasse contra ele. Han logo descobre que o amuleto tem uma história maldita- ele pertenceu ao Rei Demônio, o mago que quase destruiu o mundo mil anos antes. Com  um artefato mágico tão poderoso em jogo, Han sabe que os Bayar farão de tudo para recuperá-lo.
         Enquanto isso, Raisa ana’Mariana, princesa-herdeira do reino de Fells, enfrenta suas próprias batalhas. Ela acaba de retornar à corte depois de três anos de relativa liberdade com a família do pai no Campo Demonai. Raisa poderá se casar ao completar 16 anos, mas ela não está muito interessada em trocar sua liberdade por aulas de etiqueta e bailes esnobes. Almeja ser mais que um enfeite, aspira ser com Hanalea, a lendária rainha guerreira que matou o Rei Demônio e salvou o mundo. Mas parece que sua mãe tem outros planos que incluem um pretendente que renega tudo que o reino representa. Os Sete Reinos tremerão quando as vidas de Han e Raisa colidirem nesta série emocionante da autora Cinda Williams Chima."


   Sabe aquele livro que se lê com cuidado, saboreando e prestando atenção à cada palavra lida? Esse é assim, palavras ditas como um pensamento de um personagem podem levar a resolução de uma charada lá na frente. É um livro de ficção para quem gosta de ler sobre lendas, terras distantes e com nomes exóticos, onde mostra que nem sempre o que se sabe desde criança é de fato a verdade, todas as histórias de fato tem dois lados. A lenda de Hanalea e o Rei Demônio vai mostrar que as rainhas não se casam com nobres, que histórias e fugas de amor existiam décadas atrás, que guerreiros tem sim o seu valores, que magos são submissos a sua Rainha e que a pessoa conhecida de forma inesperada pode ser muito importante.
  Pois é, o livro é ótimo do começo ao fim e já estou ansiosa para ler o segundo, "A Rainha Exilada".

Beijos.


Lido em: 2 dias
 Páginas: 384
Classificação: ♥♥♥


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo seu comentário!